Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Deus deve ser o tesouro da nossa vida



Sexta, 21 de junho de 2019 07:14

 

“Ao contrário, juntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça e a ferrugem destroem, nem os ladrões assaltam e roubam. Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração” (Mateus 6,20-21).

 

Se pararmos para fazer uma revisão de vida, vamos perceber que acumulamos coisas demais. Olha como está o nosso guarda-roupa, nossa cozinha, nossa casa. Às vezes, colecionamos, guardamos coisas que ninguém sabe para que serve ou quem vai usar.

Pessoas do Evangelho não podem ser pessoas do acúmulo, mas sim pessoas que distribuem, que têm apenas o essencial, o necessário. Às vezes, juntamos coisas demais, aqui na Terra, e até traças demais. Vamos juntando desde a mãe que coleciona pano de pratos, que ninguém sabe quando vai usar, até aquele que coleciona tantas coisas em demasia, que nem cabe no seu quarto, roupas que guardamos, mas que ninguém sabe quem vai usar tanta quantidade.

Quando a pessoa morre, é uma dificuldade distribuir tantas coisas que essa pessoa juntou. Não acumulemos nem juntemos coisas.

O Evangelho de hoje, inclusive, fala sobre tesouros. Tesouro é quando a pessoa, de fato, coloca nos bens materiais o sentido de toda a sua vida, quando a pessoa só pensa em dinheiro, só pensa em juntar e acumular.

O problema é a cobiça, pois o olho é a luz do corpo. Se o seu olho é cobiçoso, você será uma pessoa cobiçosa, vai viver da cobiça, do desejar, do ter mais, e nunca estará satisfeito com o que tem. Mas se o seu olho é sadio, o seu corpo e toda a sua vida será iluminada.

Se Deus é o tesouro da nossa vida, podemos até ter outros tesouros aqui na Terra, mas saberemos usá-los de forma justa

Eu sempre priorizo quem trabalha, quem faz as suas economias, quem junta o seu dinheiro para comprar a sua necessidade. Isso é muito bom, é necessário, importante e fundamental.

Não vamos ser aquelas pessoas sem juízo, pois não é isso que o Evangelho está provocando em nós. Vamos ser pessoas justas, que sabem viver a cada dia. Não vamos ser aquelas pessoas que simplesmente pegam o dinheiro, colocam-no debaixo do colchão e depois não serve para nada, porque, quando morre, o que a pessoa leva consigo?

De tudo que acumularmos, vivamos a generosidade do distribuir, do partilhar, do compartilhar e de ter uma vida correta, justa, ordenada e organizada. Nada de acúmulos desnecessários, nada de vivermos a cobiça desenfreada, nada de colocarmos o sentido da nossa vida nos bens materiais.

Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração. Se Deus é o tesouro da nossa vida, podemos até ter outros tesouros aqui na Terra, mas saberemos usá-los de uma forma justa, correta e evangélica.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui
AS MAIS LIDAS

   Natasha Hlawatsch Moreira
 
  Visita do prefeito Wellington à sede do Badesc garante R$ 13,5 milhões para Mafra
 
  Polícia Militar de São Bento do Sul prende autores de furto e recupera objeto que havia sido furtad
 
  São Bento do Sul ganhará Jardim Botânico
 
  Maria Veiga Carvalho
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
51723701 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA