Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Rio Negrinho apresenta saldo positivo de empregos

Dados do Ministério do Trabalho revelam saldo de positivo de 352 novos postos de trabalho

Terça, 10 de setembro de 2019 21:50

 

 

Rio Negrinho registra saldo positivo de 352 postos de trabalho entre janeiro e julho de 2019. Os dados são do Ministério do Trabalho, levantados por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), cuja consulta é pública e pode ser feita por qualquer cidadão.

De acordo com dados do Caged, Rio Negrinho acumula saldo positivo de 352 postos formais de trabalho, ou seja, com carteira assinado. Postos de trabalho informais não são contabilizados no Cadastro do Ministério do Trabalho.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Leandro Liberato dos Santos, conta que a Prefeitura de Rio Negrinho tem feito diversos esforços para permitir a ampliação das empresas já sediadas na cidade, além de atrair novas para o município. “Estamos em contato constante com empresários, mostrando os benefícios de Rio Negrinho, além de incentivar o crescimento das empresas aqui instaladas”, ressalta ele.

Entre os destaques já obtidos, Leandro cita o caso da rede Breithaupt, que gerou 20 empregos diretos com suas duas unidades instaladas recentemente na cidade, e da Casatema, uma empresa de e-commerce que funcionava em São Paulo e que vem transferindo suas operações para Rio Negrinho. “Eles inclusive já tinham escolhido São Bento do Sul, mas acabaram optando por vir para Rio Negrinho e atualmente já empregam 15 pessoas. Em janeiro começaram com um galpão de 750 metros quadrados e já em abril pediram para ser aumentado o galpão em mais 750 metros quadrados, já que ocuparam também. Semana passada solicitaram para o dono do barracão construir mais 750 metros e vão contratar mais pessoas, devendo chegar aos 40 empregos diretos”, conta Leandro.

Outra empresa que mudou-se para Rio Negrinho recentemente foi a Exsan Borrachas, que já empresa 15 pessoas e que estava instalada em Corupá. Situação semelhante ocorreu com a Capo Tecnologia, que transferiu sua unidade de São Bento do Sul para Rio Negrinho, gerando inicialmente 20 empregos e com prospecção de chegar aos 40 em curto espaço de tempo.

Outra empresa que segue em passos largos para transferir toda sua operação para Rio Negrinho é a Casagrande Cerâmica, que está construindo um novo galpão de 2.000 metros quadrados junto à unidade atual, devendo gerar mais 40 empregos diretos.

 

Apoio às empresas locais

Leandro lembra ainda do apoio às empresas locais, com a cessão de uso de terrenos no bairro São Pedro, aprovados pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico. No local, as

CLK Móveis, Limoy Indústria e Comércio, Empresa Mario Francisco Rodrigues, Temperametal Ferramentaria, Patrick Hacke ME, Didi Antunes ME e Terceiritec estão em fase de implantação de suas unidades. “Estamos auxiliando também as empresas locais, que poderão ampliar ou passar a contar com sede nova, gerando mais empregos e renda para Rio Negrinho”, afirma o prefeito Julio Ronconi.

No São Pedro, a Prefeitura de Rio Negrinho vem concluindo o processo de terraplanagem do terreno. “Assim que prontas, estas empresas juntas deverão gerar em torno de 100 novos empregos na cidade”, conta o secretário de Desenvolvimento Econômico. “Hoje os investimentos também que estão acontecendo na Avenida Klaus Schumacher, onde fica a Casagrande. “Outros investimentos estão acontecendo nesta avenida, que até o final do ano quatro novas empresas estarão começando suas atividades, gerando aproximadamente 100 novos empregos” adianta Leandro.

O secretário ainda ressalta a importância da incubadora tecnológica, que já está funcionando e tem prospecção de 20 empregos com as empresas lá instaladas. “É um processo que vem ganhando corpo e que trará resultados fantásticos para Rio Negrinho em médio e longo prazo”, acredita o secretário.

 

MEIs

Além do trabalho com as empresas, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico conta com a Sala do Empreendedor, que tem a função de auxiliar na formalização de abertura de microempreendedores individuais (MEIs). Desde sua abertura, 45 pessoas já passaram a ser empreendedores formalizados. “Não podemos esquecer ainda da vinda de uma unidade do Supermercado Belem para Rio Negrinho, que gerou 38 empregos, e as duas unidades do Germânia, a do Industrial Sul que gera 140 empregos diretos, e do bairro São Rafael, que gera outros 57 empregos”, encerra Leandro Liberato.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

   ELIAS CUBAS
 
  Psicodália 2020 em Rio Negrinho está ameaçado por problemas burocráticos e judiciais
 
  SANTO DO DIA:Exaltação da Santa Cruz
 
  HA. COMUNICAMOS COM PESAR O FALECIMENTO DA Sra. HEDUVIRGES DRANKA
 
  A cruz de Cristo representa a nossa salvação
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
48819353 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA