Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

A cruz de Cristo representa a nossa salvação



Sábado, 14 de setembro de 2019 08:05

 

“Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna” (João 3,14).

 

 

 

Hoje, a graça é de celebrarmos a Exaltação da Santa Cruz, a vitória da cruz de Jesus. Não pregamos outra coisa, não anunciamos outro, a não ser Jesus Cristo crucificado.

Como diz São Paulo aos Coríntios, para alguns Ele é escândalo, para outros é loucura, mas o Cristo crucificado é o poder de Deus, é a vitória de Deus, é Deus que vence o poder do mal, é Deus que esmaga o maligno naquilo que seria a derrota e a maldição.

A cruz era um escândalo mesmo. Um homem ser pregado numa cruz, na cultura e no pensamento da época, era um escândalo, pois ela era reservada para os piores criminosos. Que crime Jesus cometeu? Que mal Ele fez? Ele carregou sobre si os nossos crimes, os nossos pecados, as nossas maldições para nos trazer a bênção, a cura e a libertação.

A Palavra está dizendo que Moisés levantou a serpente. Recordamos que a serpente de bronze foi feita no deserto para curar aquele povo que estava doente por causa da murmuração e do pecado. Aquela serpente de bronze foi o sinal da cura.

Celebremos, com todo amor do nosso coração, a cruz de Jesus, porque é por ela que fomos salvos

Agora não é a mais a serpente que é levantada; agora, é Cristo crucificado que é levantado e todos nós olhamos para Ele, porque Ele é a nossa vitória, a nossa cura e a nossa libertação.

Olhemos para Jesus e não tiremos d’Ele o nosso olhar, olhemos para Jesus e deixemos que n’Ele sejamos transfigurados, curados e libertos dos males que estão dentro de nós.

A espiritualidade da nossa fé é a espiritualidade da cruz. Eu sempre digo que precisamos ter em casa, nos nossos carros e onde quer que nós estejamos, o Cristo crucificado. Não basta só ter a cruz, é importante a cruz com a imagem do Crucificado.

O mistério da cruz não pode ser esquecido, não pode ser renegado, não pode ser colocado de lado, pois a nossa espiritualidade é do Cristo crucificado.

Meditemos o Cristo que está em nossas igrejas. Algumas igrejas, muitas vezes, têm até deixado de lado o Cristo crucificado, mas isso não pode, porque Ele é a nossa vitória, Ele é a expressão da nossa fé, Ele morreu na cruz por nós.

Não estamos batendo palmas para a morte de Cristo, estamos batendo palmas para a sua vitória sobre a morte. Estamos aclamando o Crucificado, Ressuscitado e vitorioso por todos nós.

Celebremos, com todo o amor do nosso coração, a cruz de Jesus, porque é por ela que fomos salvos.

Deus abençoe você!

 

 

 

Padre Roger Araújo


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  Filiados que pretendem concorrer às Eleições 2020 devem estar com o cadastro eleitoral regularizado
 
  Olga Radoll
 
  As dificuldades dos municípios no saneamento
 
  SANTO DO DIA:Santo Inácio de Antioquia
 
   Comunicado: Restrição na BR-280 com sentido a Canoinhas-SC
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
49837547 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA